MEU AMIGO ME RECONHECEU, E ME FODEU 

Sempre estou online nesse site de apresentações, falo com pessoas do Brasil todo.  E em 99,99% das vezes não faço idéia de quem está do outro lado, só fico sabendo caso a pessoa se identifique ou abra a sua câmera também, o que é muito raro.  O site é muito seguro e confiável

Mas hoje foi diferente, assim que entrei veio um rapaz batendo papo, com uma conversa bem interessante, e parecia  saber das coisas que eu gostava, tocava em assuntos que realmente tinha tudo haver comigo. Bom até então acreditei ser como de costume, alguém que nossas ideias tinham batido, nossos gostos e afins.  

Ele me chamou, para o chat privado exclusivo. Onde será somente eu e ele, sem mais ninguém para nos interromper. Pediu para  tirara minha roupa e mostrar tudinho pra ele, ele foi me excitando com suas palavras e fui seguindo o que o safado queria, estávamos cheio de tesão. Após  mais de meia hora de apresentação gozamos bem gostoso. Continuamos ali batendo papo, por mais de uma hora. Uma companhoa virtual sem igual.  Normalmente o pessoal goza e vai embora, mas ele ainda ficou comigo conversando, e a cada palavra ele me parecia mais familiar.  Mas tudo tem seu tempo, ele precisava sair, nos despedimos e fiquei na expectativa de o reencontrar novamente.  

 

Já tinha se passado algumas horas após esta apresentação, quando recebi uma mensagem em meu celular de um amigo que não via a anos.  Me perguntando como  estava, e que tinha adorado me ver mais intimamente. Fiquei sem entender esse "intimamente", foi ai então que ele me mandou alguns prints. Era ele que estava na apresentação online pela manha. Na hora eu gelei. Foi então que me disse que a fazia meses que estava tomando coragem para ir falar comigo e se abrir.  Não acreditou quando descobriu o que eu estava fazendo, ficou louco para ver, e quando viu não acreditou que me teve ao seu lado por anos e nós nunca tivemos nada.

Morei com ele alguns anos, mas na época ele namorava e estava para casar. Toquei nesse assunto, ele me disse que se casou tem filhos, mas que as vezes escapa e vai curtir um macho. Fiquei surpreso, pois nunca demonstrou isso. Sempre foi um macho sisudo, carrancudo, mas muito gente boa.

Conversa vai, conversa vem ele me disse que passaria pela cidade onde eu estava morando naquele mesmo dia,  no final da tarde, e se eu o poderia encontrar. Confesso que tremi na  base, fiquei um pouco nervoso, mas topei. Passei o endereço da minha casa e fiquei aguardando.  

Próximo ao horário combinado parou um carro em frente, fui abrir o portão ... era ele. Nossa tremi !!! 

Quando ele desceu estava muito diferente da época em que morávamos juntos, estava parrudo, barbudo, vestia um calça jeans apertada, que marcava bem sua bunda, sua mala... e as pernas? Ele está irresistível.  Fora a camisa de botão semi aberta, mostrando seu peitoral com alguns pelos aparente. Na mesma hora olhei e disse: 

- Cara não é você, está muito diferente. 

Ele deu risada e me disse: 

- Não foi somente eu quem mudou, você esta lindo! 

Entramos batemos um papo na sala, ele me contou coisas que haviam acontecido com ele nesse período todo que ficamos longe. Que não acreditava no que eu estava trabalhando,  ficou muito  excitado ao descobrir. Contei a ele tudo o que aconteceu também, foram horas de papo. 

Já estava ficando tarde e me perguntou se tinha algum hotel na cidade do qual ele poderia dormir para no dia seguinte viajar  de volta para casa. Disse que sim,  e perguntou se eu toparia passar a  noite com ele. E logo em seguida  já  disse que pagaria até mesmo o tempo que já passamos ali sentados conversando, que apesar de nossa amizade, entendia que era meu trabalho.  

Acertamos os valores, ele já me pagou metade, me troquei e fui com ele até o hotel.  

 Estava muito feliz e excitado em ter  reencontrado.

Chegando no hotel, ele me disse que precisava tomar um banho. Começou a tirar sua roupa bem ali na minha frente. Primeiro a camisa, revelando aquele peito peludo, aquela barriga... NOSSA !!! Logo em seguida tirou sua calça, me deixando alucinado pela sua bunda e o volume do seu pau, que pernas eram aquelas? Ele era magrelinho quando nos vimos pela ultima vez, um pouco mais do que eu.

Me vendo o admirando  deu risada e disse: 

- Pela sua cara esta surpreso né?  

Fiquei vermelho e ele continuou rindo e dizendo: 

- Mudei totalmente minha rotina, ganhei alguns quilos... acho que fiquei melhor assim, o que acha?  

Estava babando naquele homem, nem consegui responder, só dizer que sim com a cabeça.  

Ele foi para o banheiro somente de cueca, pediu para esperar ali na cama, seria apenas uma ducha rápida. Fiquei ali na cama fantasiando eu com ele.

Estava um pouco tenso. 

De repente  ele me chamou,  pedindo para levar a toalha que estava sobre a cama até o banheiro. Peguei e fui. Quando chego ao banheiro, o safado estava de pau duro olhando pra minha cara. Travei e fiquei olhando ali, com a toalha na mão. Veio se aproximando, saindo do chuveiro, pegou a toalha da minha mão começou a secar seu corpo. E eu só o  acompanhando com meu olho, parado. Não sei por quanto tempo fiquei olhando ele, mas foi o suficiente pra ele chegar perto de mim, colocar a  mão no meu pau e falar: 

- Vai ficar só olhando?  

Me puxou para perto dele, me deu um beijo e começou a tira minha roupa, me deixando despido em sua frente. Se afastou, me olhando disse: 

- Muito melhor que virtualmente.  

Dizendo isso, pegou em meu pau, e foi passando seu corpo por volta do meu até parar atras de mim, se  encostando na minha bunda e cerrando sua barba em meu pescoço.

Ficou se esfregando em mim e sussurrou  em meu ouvido: 

- Toma uma ducha, estou te esperando na cama.

Apenas concordei abri o chuveiro tomei minha ducha e já sai enrolado na toalha. 

Me aproximei da cama lá estava ele, deitado, olhando pra mim segurando seu pau duro, me chamando. Fui ao seu encontro, subindo lentamente até sua boca, queria um beijo, ele se recusou e empurrou minha cabeça para o seu pau. Cai de boca. E mamei gostoso.  

Safado segurou minha cabeça e o virou para ele dizendo: 

- Cara, que isso? Que mamada, para se não vou gozar.  

Pedi pra ele se controlar o máximo, que eu queria muito chupar e me divertir com aquele pau. Mas não foi dessa vez, não ao menos nesse momento. Quando encostei de novo a boca no seu pau ele gozou.  

Olhei pra ele, ele ficou sem graça. Eu bem sacana disse: sabe o que eu quero para recompensar? Um beijo.

Não pensou duas vezes e me beijou, com vontade. 

Me  pegou de jeito e virando me deitou na cama,  começando a chupar meu pau. Mas chupou pouco, o quele queria mesmo era meu rabo, e foi lá que ele se acabou. Chupou muito, por um bom tempo. Estava alucinado com aquilo.

Fiquei deitado na cama só curtindo, quando sinto algo mais grosso e duro me penetrando, o  puto já estava de pau duro e começando a enfiar aquele caralho em mim. Se deitou sobre meu corpo e disse em meus ouvidos: 

- Se prepara, pois desta vez a gozada vai demorar muito pra vir. 

 

Dito e feito, como ele meteu, com uma socada só aquele caralho em meu rabo.  Metia com  força. Me fazia gemer de tesão, prazer... suas estocadas em meu rabo eram intensas. Mal conseguia respirar, não dava tempo.

A macho parrudo peludo e safado, como me fodia gostoso. E pensar que morei muito tempo com ele e nunca aproveitei isso.  

Parecei uma fera sobre mim, me apertava, gemia alto em meu ouvido. E transpirava muito mesmo, escorria em meu corpo o seu suor.

Tirando seu pau da minha bunda me colocou de pé na parede e voltou a me foder.  Segurava em minha cintura e socava, com vontade, gemia e dizia: 

- Aaaa caralho, que rabo gostoso, empina ele, empina. Sente  meu pau nesse cu, puto, gostoso... Vou te arrombar caralho... 

Falando isso me empurrou novamente para a cama, me deixando de quatro sobre ela.  Metendo com vontade, tirava e colocava seu pau em mim, e dizia dando tapas em minha bunda: 

- Tá gostando safado, fala aqui pro teu macho. Tá gostando? Olha pra mim e fala...

Empinava mais ainda a bunda pra ele e falava: 

- Muito, quero mais, mete, vai gostoso. Mete nesse cu que é todinho seu.. VAI CARALHO. Mete que nem homem.  

Ele ficava louco e me fodia com mais  vontade. 

Tirou o pau do meu rabo, me virou com a cabeça pra ele, socou seu pau no fundo na minha garganta. Pegando no meu.  Me fodia a boca, chupava e masturbava meu pau.

Desta vez quem não aguentou foi eu, jorrei porra na cara dele. Ele não conseguiu segurar e também gozou na minha cara.

 

Se afastou sentou em uma cadeira próximo ali, colocou as mãos na cabeça e disse: 

- Porra Juan, que isso cara? Como nunca fodemos antes?  Vem cá vem, senta aqui no meu colo, quero te beijar.

 

Fui ao seu encontro totalmente entregue. Sentei em seu colo, peludo e todo suado, nos beijamos e nos acariciamos.

Após isso fomos para o banho, e a conversa fluía como há anos atrás.

Bons amigos após uma boa foda.  

Me perguntou onde poderíamos comer algo naquele horário e me levou para jantar. Na volta, nos deitamos juntinhos, abraçados, totalmente sem roupa, e  dormimos assim.  

Pela manhã quando acordei ele ainda estava dormindo.  Desci lentamente até seu pau que estava duro, com aquela ereção da manhã, começando uma uma mamada, que fez com que ele despertasse lentamente e com um belo sorriso no rosto.  Continuei e ele pediu pra parar que queria ir ao banheiro. Me levantei e disse que ia junto, entrei primeiro me ajoelhei em sua frente e disse: 

 

- Mija !  

Ele botou um sorriso no rosto e descarregou todo aquele mijo sobre mim.  

Após isso tomamos um banho demos uma boa fodida. Tomamos café da manha no hotel, e me levou de volta para casa onde nos despedimos, ambos muito realizados, e a amizade mais fortalecida ainda. 

Ele é apaixonante, uma pessoa incrível.

Espero o encontrar novamente, quem sabe em uma próxima passada que ele der por aqui não fazemos essa foda gostosa de novo.  

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

Todos os diretos reservados a ©JuanCalabares (19) 9 9627 7211

AGUARDE A PAGINA SER CARREGADA 

Registre-se no Site e receba as atualizações.