O COROA MATOU A VONTADE DE ME CHUPAR 

A alguns dias nos falamos por telefone, disse que acompanha meu blog e sempre foi louco pra chupar meu pau, e queria marcar comigo. Combinamos o local. Muito discreto e sigiloso,  ele iria chegar primeiro ao motel, logo em seguida me esperaria no quarto.  Assim que ele chegou  me ligou e passou o numero do quarto, em 5 minutos já estava lá, bem no horário combinado (sou bem chato pra horário). Cheguei estacionei e fui até seu quarto. Ele já estava todo animado, ansioso e cheio de tesão. Disse que não via a hora de cair de boca no meu pau.  Pra provocar dei uma pegada no meu pau, mostrando pra ele e disse:

 

- Então vem!!! 

 

Ele pediu para mim ficar sobre a cama de pé, bem na altura da boca dele. Ele que estava somente de cueca e pau duro pediu para mim ir tirando a camisa, em seguida baixar as calças e ficar só de cueca. Ainda não queria ver meu pau.  Logo em seguida veio chupando  por cima da cueca, passava a mão, lambia e me falava:

 

- Cara não tô acreditando que vou chupar esse pau. Tô até nervoso.... 

 

Até que ele tirou meu pau de dentro da cueca, ficou parado olhando, como se estivesse vendo algo único. Sua boca salivou  e caiu de boca, nossa o coroa deu uma mamada tão gostosa que tive que fazer uma coisa que  raramente faço, pedir pra ele parar. Quase gozei.

 

Pedindo para me sentar na cama, e de joelhos voltou a me chupar, me olhava e falava:

 

- Juan, você não sabe o quanto eu esperei por isso. 

 

E realmente ele demonstrava muito tesão em me chupar, chupava com vontade, com prazer, mamou por um bom tempo comigo ali sentado. Pediu pra me deitar na cama e veio sobre mim, me beijando todo e parando novamente em meu pau para  mamar ainda mais. 

 

Segurei inúmeras vezes o gozo, até ele me olhar e falar:

 

- Não sei se consigo, mas quero tentar. Coloca ele em mim? 

 

Ele se virou de ladinho, e fui encaixando bem devagar, muito apertadinho. Ele não aguentou, pediu pra parar e voltou a me chupar. Fiquei de pé e  começou outra mamada, desta vez ele gozou com meu pau socado na sua boca, se deitou na cama e pediu pra mim o cobrir de porra. E assim o fiz. Lavei ele de porra, que tesão, que coroa safado que boca gostosa. 

 

Ele tomou um banho, se trocou e foi embora, precisava chegar em casa antes da esposa que já estava ligando. 

 

Tomei um banho, fiquei mais um pouco ali relaxando e fui embora logo em seguida. Livre e leve (risos)

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

Todos os diretos reservados a ©JuanCalabares (19) 9 9627 7211

AGUARDE A PAGINA SER CARREGADA 

Registre-se no Site e receba as atualizações.