GOZOU SÓ COM O BEIJO​

Já estávamos batendo papo pelo whats há um bom tempo, e olha, valeu a pena a esperar... nosso encontro  foi muito bom.

 

Cheguei em sua cidade logo pela manhã,  assim que parei ele já estava a minha espera. Fomos até seu carro  e de lá saímos para o motel. No trajeto eu apenas desejava  seu corpo todo sobre mim, que boca, que perna... um rapaz cheiroso, simpático e muito, mas muito discreto. Tão discreto  que no caminho apenas nos falávamos, não rolou se quer um toque nas pernas. Mas quando entramos no motel, e as portas se fecharam, era outro homem em minha frente, me abraçou e me deu um beijo de tirar o folego. E enquanto nos beijamos, ele pôs seu pau pra fora as pressas, fiquei meio sem entender o motivo, mas logo vi, ele estava gozando, jorrou porra no chão só em nosso beijo. Ele sentou  na beira da cama e ofegante me disse:

 

- Juan, me desculpa, mas estava esperando por isso a tempos. Não via a hora desse encontro acontecer, não consegui segurar meu tesão. 

 

Me sentei ao seu lado, disse para ele ficar tranquilo, que nosso encontro estava apenas começando, tínhamos muito tempo para aproveitar.

 

Começamos a tirar nossas roupas, nos beijando e deitando sobre a cama, ficamos de caricias, ele me chupava, me beijava e não demorou nada pra seu pau já estar em pé novamente. 

 

Bem safado  sentou atrás de mim, encostou seu pau na minha bunda, e sussurrando disse:

 

- Hoje eu quero gozar muito  com você. 

 

Aquilo me arrepiou todinho, gentilmente foi me empurrando para frente até me deixar de quatro, começando  a chupar meu cu. Ahh, que boca, aqueles lábios grandes, que eu estava desejando chupava minha bunda de uma maneira que me deixava louco. Descia da minha bunda e chupava meu pau, voltava e chupava minha bunda, em movimentos  que me faziam suar frio.

 

Ainda de quatro ele veio em frente colocou seu pau em minha boca,  comecei a mamar bem lentamente, e fui aumentando a pressão em volta daquela cabecinha gostosa. Não demorou veio outro jato de porra, desta vez bem na minha cara, me deixando todo gozado. 

 

Se deitou na cama, enquanto  fui limpar meu rosto. Voltei, deitei sobre seu peito recebendo caricias e beijos  o tempo todo, muito gentil, e carinhoso, uma delicia de companhia. E o que aconteceu? Seu pau já estava no ponto mais uma vez, e ele meio sem graça me pediu:

 

- Juan, chupa meu rabo? Sempre tive esse desejo, hoje eu quero realizar com você.

 

Coloquei ele de quatro e comecei a passar a língua, ele se arrepiava todinho, coloquei minhas mãos sobre sua bunda, separando bem elas, e cai de boca com vontade desta vez. Deu um gemido alto, não conseguia se controlar, só falava.

 

- Nossa, como isso é bom. Chupa, chupa... 

 

Tenho uma tara enorme em chupar um rabo gostoso, meu pau já estava estourando, fui encostando ele pertinho do seu cuzinho, com todas aquelas preguinhas, que com certeza nunca viu um pau dentro dele. Comecei a passar e a brincar com ele , ahh o puto se revelou. 

 

- Quero te dar, me come por favor, soca em mim, que tesão no cu.

 

Lubrifiquei bem,  e já com a camisinha bem lisa, encostei a cabecinha do meu pau e forcei um pouquinho bem de leve, na hora ele pediu pra parar. 

 

- Não Juan deixa... não tenho coragem, vem cá, deita do meu lado. 

 

Me deitei, e ele olhando em meus olhos enquanto me acariciava , me disse:

 

- Você não se importa se não acontecer a penetração hoje? Não estou preparado, e esta tão gostoso ficar aqui com você. A tempos não recebia e nem dava tanto carrinho. 

 

Disse a ele que podia ficar tranquilo que poderíamos continuar curtindo bem gostoso. E foi isso que aconteceu. Ficamos ali trocando carinhos  até nosso tempo chegar..

 

Fomos para o banho,  e lá novamente começamos a nos pegar debaixo do chuveiro, seu pau estava duro novamente. Me ajoelhei em sua frente e voltei a chupá-lo, e desta vez quem gozou fui eu com aquele pau gostoso na boca. Assim que me levantei, dei um beijo nele, que gozou mais uma vez. 

 

Nos vestimos e voltamos para o ponto de encontro, no trajeto ele sempre muito discreto, me deixou um pouco antes do ponto de encontro, nos despedimos e voltei para casa. 

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

Todos os diretos reservados a ©JuanCalabares (19) 9 9627 7211

AGUARDE A PAGINA SER CARREGADA 

Registre-se no Site e receba as atualizações.