FUGINDO DO NAMORADO PRA COMER MEU CU

 

Nos encontramos na rodoviária da cidade.

 Olho ao longe e vejo um rapaz magro, e alto  me observando. Se levantou e veio em minha direção, era ele. 

 

Nos cumprimentamos e fomos para o seu carro, ao sentar ao seu lado já pude ver seu pau duro em sua calça, o volume era bem grande. Assim que saímos colocou a sua mão sobre o meu pau e disse: 

 

- Cara que tesão, quero muito te chupar. 

 

No motel entramos no quarto já nos pegando, e ele falava: 

 

- Cara quero muito te comer, e te chupar. Não aguento mais ser passivo com meu namorado, ele nunca  deixa eu meter nele.

 

Olhei pra ele, dei um beijo e disse:

 

- Então vamos aproveitar muito!!! 

 

Ele deu um sorriso e já foi tirando sua roupa,  pedindo para tirar a minha e me deitar na cama. Quando eu o vi sem nada me assustei  com o seu pau. Grande, grosso e torto para o lado,  bem torto. Dando risada falei pra ele:

 

- Agora sei porque seu namorado não dá pra você.

 

Ele deu risada e uma pegada no pau e veio para o meu lado.

Eu que não ia perde a oportunidade de provar aquele macho gostoso, magrinho peludo e com um pau daquele. Já estava deitado quando ele veio sobre mim, pegou o meu pau e começou a mamada.  Chupava com vontade, estava cheio de tesão. Mamava forte, gostoso, segurava firme com as mãos... Não tirou a boca por nem um segundo, engolia fácil meu pau inteirinho.

 

Ainda com a boca no meu pau foi se virando até ficar na posição de 69, me dando seu pau na boca, foi difícil achar uma posição para engolir aquele caralho todo.  Torto grosso e grande, descia rasgando, mas engoli, engasguei mas não tirei da boca, mamei cada centímetro. Chupei suas bolas, e aproveitei pra dar uma chupada naquele cu gostoso, quando fiz isso ele pediu pra parar e me disse:

 

- Cara, não faz isso, quase gozei,que linguada  gostosa.

 

Ele pediu pra parar que estava quase gozando. Se levantou e me disse;

 

- Deixa eu ver esse cu, fica de quatro pra mim! 

 

Na mesma hora me levantei, fiquei de quatro e empinei meu rabo pra ele. E só ouvi ele falando:

 

- Porra vou gozar só de encostar, que rabo e que vontade que eu tô de  meter nesse cu. Faz meses que não  meto em um cuzinho.

 

Empinei mais ainda meu rabo ´pra ele. Colocou a camisinha, lubrificou bem, e foi colocando em mim aquele caralho. Pedi pra ir devagar, e ele foi pondo. Caramba, senti aquele pau me rasgando, mas estava muito bom, ele colocava com calma, bem devagar. estava duro feito uma pedra. Que dor. Mas uma dor gostosa de prazer. Ficou um tempo parado lá dentro e começou a bombar lento, e foi aumentando, quando eu já estava costumando e relaxando com o pau dentro de mim, ele gozou. O tesão era tanto em ser ativo que não aguentou meter muito. 

 

Deu uma bela gozada pegou no meu pau com o dele dentro de mim e disse:

 

- Goza pra mim com meu pau no seu cu, goza.

 

Ele continuou metendo, seu pau já não estava tão duro, entrava gostoso, Ai comecei uma punheta que me levou uma boa gozada. Dando aquela aliviada.

 

Nos levantamos fomos pro banho, e saímos do motel.

No caminho de volta para a rodoviária, quem liga? O namorado dele, fiquei bem quietinho enquanto se falavam. 

Ele me deixou no ponto de encontro e fomos pra casa 

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

Todos os diretos reservados a ©JuanCalabares (19) 9 9627 7211

AGUARDE A PAGINA SER CARREGADA 

Registre-se no Site e receba as atualizações.