DESPEDIDA DE SOLTEIRO 

Já vinha falando com esse safado a um tempo, ele só estava criando coragem para me encontrar e fazer sua despedida de solteiro. Ah!! mas hoje foi o dia!!! 

 

Pela manhã, fui até sua casa, estava um dia chuvoso, bem propício para um encontro. Cheguei, ele me recebeu bem a vontade só de bermuda sem cueca. Entramos nos sentamos ali no sofá. Batemos um papo, ele me disse que estava ansioso, e que queria se despedir da vida de solteiro, pois na virada do ano pediria  sua noiva em casamento, me mostrou sua aliança, comentou sobre tudo o que estava pensando, foi ficando bem a vontade. Fomos nos aproximando cada vez mais até ...  nos beijarmos. Já desci minha mão até seu pau que estava duro, o puto estava cheio de tesão, enfiei minha mão por dentro da sua calça  e fui descendo até seu cuzinho. Estava piscando, bem apertadinho, dava pra sentir com as pontas dos dedos. Aquilo foi me deixando tarado nele. 

 

Gordinho gostoso da porra, fiquei de pé no sofá abaixei minha calça e minha cueca, enfiei meu pau na boca dele. O safado sabia como mamar uma rola, não era a primeira vez dele, mamava e me olhava com aquela carinha de quero mais, carinha de menino pidão. 

 

Logo desci de cima do sofá, e o joguei de 4,  no encosto, tirando sua bermuda e liberando aquele rabão branco e grande. Já fui caindo de boca naquele cuzinho rosadinho e apertado. Chupei, chupei muito, e o putinho gemia, uma gemidinha gostosa de prazer, estava gostando de levar uma linguada no rabo.  Em seguida ele saiu, e foi para uma cama que estava próximo a nós, empinou o rabão e pediu pra mim matar o desejo dele, mas  para por de uma vez, ele não queria poupar a dor. Perguntei se ele tinha certeza, me disse que sim, avisei que ia doer muito, mesmo assim ele queria.  "Seu desejo é uma ordem", apenas disse isso. Lubrifiquei seu rabo, coloquei a camisinha em meu pau, o trouxe até próximo a mim na beirada da cama, posicionei bem pertinho da entra, e, só dei um empurrão, com toda força, segurei a cintura dele. Ele deu um grito e saltou pra frente, seu pau caiu na hora, ficou mole e gemia de dor desta vez. Eu apenas olhei pra ele e disse :

 

- Cara, eu te avisei!!! 

 

Ele não sabia se ria ou se chorava, pediu um tempo pra relaxar. Me deitei do lado dele e ficamos nas carícias, beijos e abraços. A chuva caindo e nós ali se pegando. OHH TESÃO!!! 

 

Assim que ele relaxou, ficou de 4 novamente, mas desta vez pediu pra ir com calma. E assim foi, entrou gostoso, ele empinava o rabão pra mim com vontade, dizia que ainda doia mas estava bom. Pediu pra mim ir aumentando a pressão, e assim fiz. Até estar socando forte no cu dele e ele gemendo de prazer e pedindo mais. O puto queria mesmo dar o cu. Deu de lado, de 4, sentado, deitado, de barriga pra cima, no sofá, na cadeira... em todo cando q ele conseguisse sentar no meu pau ele deu bem gostoso. 

 

Demos uma boa gozada juntos, fomos pro banho e curtimos mais um pouco a companhia um do outro, aqueles momentos que são pra deixar qualquer um de pernas bambas. 

 

E viva as despedidas de solteiro. 

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

Todos os diretos reservados a ©JuanCalabares (19) 9 9627 7211

AGUARDE A PAGINA SER CARREGADA 

Registre-se no Site e receba as atualizações.