COROA DOTADO DO PAU GROSO - RIO CLARO - SP 

 

O  cliente de hoje foi indicação de um outro que tenho na cidade. 

 

Em nossa conversa me disse que era somente ativo, e que fazia tempo que não encontrava alguém que desse gostoso pra ele, uma por ele ser coroa e ninguém sentir vontade  de sair com mais velhos (  o que acho um absurdo) e outra, por ele estar acima do peso. Como se aparência fosse tudo. Combinado nosso encontro fui até ele, no encontramos em um parque na cidade para conversarmos e nos conhecermos melhor. Quando ele chegou confesso que me assustei...

 

 

Estava sentado em um banco próximo a um lago na cidade. Logo o avistei vindo ao longe, estava com a roupa que havia me dito. Camiseta branca, calça jeans clara, e confesso conforme ele se aproximava eu ficava um tanto q assustado. Não era nada daquilo que imaginei, ele se descreveu como se fosse um cara horrível, mas muito pelo contrário, um coroa charmoso, grisalho, gordinho, sim, mas eu gosto e muito. Mas o que me deixou assustado foi o volume dentro da sua calça, com certeza ele estava sem cueca, e caindo de lado tinha um pau enorme, e parecia mole. Ele muito simpático se sentou ao meu lado, e sorriu:

 

- bem que meu amigo disse que vc era magrinho. Gosto muito. 

 

Deu uma pegada no seu pau, que ai sim começou a crescer, eu olhei assutado pra ele :

 

- Oloco, o que você tem ai? O meu é grande mas isso deve ser enorme. 

 

Bem safado chegou pertinho do meu ouvido e falou:

 

- Você não viu nada ainda! Vamos, meu carro está ali no estacionamento. 

 

O segui, mas não conseguia tirar o olho daquele volume em sua calça, nunca havia visto nada parecido. Ao entrarmos no carro, ele olhou pra mim e falou:

 

- Não tira o olho dele né? Faz assim, cai de boca até chegar em casa.

 

E tirou o pau pra fora!!!  CARAMBA!!! Era imenso, e grosso, mal dava pra segurar com a mão fechada. Me abaixei e comecei a chupar quele pau, enquanto ele dirigia. A cabeça mal cabia na boca, fui tentando chupar até chegar em sua casa. 

 

Descemos do carro, e na garagem mesmo ele me segurou por trás e disse:

 

- Toma, mama aqui!!! 

 

Ai sim pude ver como era grande aquele pau, tirou toda sua roupa ali mesmo, e me fez tirar tudo também. Me ajoelhei e sugava o máximo que eu podia aquele pau, mas não cabia tudo na boca. Que tesão de coroa! Que safado, fogoso, seu pau estava feiro rocha. Me pegou pelo braço me levantou e disse para empinar a bundinha pra ele em um banco que tinha ali na entrada. Quando fiz isso, ele já veio de boca em meu cu. PUTA QUE PARIU !!! Até gemi, que linguada, o cara mandava muito bem. 

 

Abriu a porta do carro, pegou a camisinha e o gel, se sentou no banco e me disse:

 

- Vou ser bonzinho com você, vem sentando conforme você aguentar, mas já aviso, quero meu pau todinho dentro desse cu.

 

Até me arrepiei, mas não nego fogo.. Lubrifiquei bem meu cu, me posicionei com as pernas sobre o banco e de frente pra ele, e fui sentando, bem devagar. A cabeça começou a entrar, e já tirei:

 

- Cara, que dor, quanto mede esse pau? 

 

Ele deu risada e não respondeu, apenas se ajeitou no banco, colocou os braços atrás da cabeça e mandou eu continuar sentando. Ele sabia que tinha um pau gostoso, e que era gostoso. 

Fui sentando devagar, a cabeça entrou com muito custo. Eu já estava suando e com as pernas bambas, o coroa só ria da minha cara e dizia:

 

- Tô vendo que você não vai dar conta. 

 

Ah, mas pra que ele me disse isso?. Sai do pau dele, passei mais gel no meu cu e naquele cacete e disse a ele. 

 

- Olha só como se engole um pau de verdade. 

 

Posicionei bem e fui descendo meu cu, deslisando naquele caralho, senti me rasgando, mas estava tão bom sentir aquele caralho grosso e grande

entrando dentro de mim. Entrou tudo, engoli aquele pau imenso com meu rabinho, ele surpreso disse:

 

- Oloco, como você conseguiu ? 

 

Dei risada, mas estava suando e com muita dor. Mas mesmo assim comecei um vai e vem com aquele pau dentro de mim, ele apenas falava. 

 

- Isso, sobe e desce, deslisa nessa rolona, deslisa...

 

Comecei a acelerar um pouco mais, ele surpreso me disse:

 

- Cara, que isso que tesão pára!, pára! 

 

Forcei mais um pouco e ele gozou! Ai sim eu senti dor, ele gozava e dava estocadas fortes dentro do meu cu!  Gemi alto, doeu muito, senti bater lá no fundo aquele caralho.  Terminou sua gozada dentro do meu rabo, me abraçou comigo sentando naquele caralho que eu senti diminuindo dentro de mim, e me deu um beijo mega carinhoso e disse:

 

- Cara me desculpa, estava cheio de tesão, não achei que você fosse me fazer gozar tão rápido, vamos tomar um copo de água.

 

Após a água ele me convidou para ir com ele almoçar, acertamos os valores excedentes ao tempo que ficariamos juntos e fui. 

 

Sabe o que eu mais gosto em coroas? Sua atenção, carinho, e tesão, eles tem um fogo que poucos imaginam que tenham. 

 

Apesar de voltar pra casa todo ardendo foi um encontro fantástico, fora nossa conversa no almoço, ele é hilário. 

 

É sempre um prazer estar ao lado de pessoas assim. 

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

Todos os diretos reservados a ©JuanCalabares (19) 9 9627 7211

AGUARDE A PAGINA SER CARREGADA 

Registre-se no Site e receba as atualizações.