CHUPANDO O NEGÃO  HÉTERO DOTADO 

Ele me ligou bem pela manhã, cheio de duvidas, e tenso. Estava com tesão porém com medo, queria me encontrar nem que fosse só para conversar e  contar seus fetiches e desejos, que deseja realizar com outro homem.

 

Combinamos o horário, e ele veio até minha casa.

 

O recebi  logo após o almoço, um negro alto, por volta dos 38 anos, corpo normal, cheiroso, simpático e tenso, muito tenso. 

Nos sentamos na sala, e começamos um bate papo, fui tentando descontrair, deixar ele o mais relaxado possível e ele foi se abrindo  comentava sobre sua família, amigos, sua esposa e como os amava, e sentia muito desejo e tesão em sua esposa. Ai toquei levemente no assunto, sobre seus desejo e ele foi me contanto, que desde de adolescente quando viu um amigo sendo chupado por seu primo ele ficou com isso na cabeça, mas nunca teve coragem para tentar algo. E ele esta em um ponto que não conseguia mais se controlar, foram anos tentando tirar isso da cabeça mas queria muito, e isso já estava atrapalhando ele com sua esposa, pois sempre que estava com ela vinha esse desejo e acabava perdendo a ereção. E resolveu me procurar por acompanhar meu trabalho pelas redes sociais e em meu site e sentir seguro comigo, tendo certeza que  ninguém  iria saber de sua identidade. 

 

Já com a conversa tomando este rumo, e ele bem mais a vontade, comecei a tocar em sua perna, ele tocava em minhas mãos e nos olhares deu pra perceber que ele já estava disposto a matar seu desejo. 

 

Me abaixei em sua frente, abri lentamente o zíper de sua calça, olhei para seu rosto, que estava vermelho de vergonha, ele desviou o olhar olhando para cima e se ajeitando no sofá ..  tirei seu pau pra fora, estava semi duro, era enorme, minha boca salivou, comecei a passar a língua lentamente por ele, fazendo com que  ficasse duro feito pedra. Ai sim comecei a chupar bem devagar aquele pau.

 

Ele se contorcia, mas ainda estava incomodado   apesar do tesão, pediu pra mim parar e voltar a conversar com ele. 

 

Disse a ele para relaxar, e que só iriamos fazer o que ele sentisse vontade.

 

Depois de mais uma longa conversa ele disse:

 

- Quer saber, vim aqui pra matar meu tesão, minha vontade, e é isso que vou fazer. 

 

O chamei para ir até o quarto , ele se deitou na cama e me disse:

 

- Cara me chupa, quero gravar isso, não sei quando vou ter coragem de fazer novante, então vou ver sempre que me der vontade. 

 

Achei estranho, pois até a pouco ele estava com medo até mesmo da chupada, e agora já estava  disposto a gravar. Eu topei numa boa, e comecei a mamada. Ele estava indo ao delírio, seu pau babava, parecia que ia estourar, me engasguei várias vezes nele, enorme gostoso de chupar.

 

Não ficou gravando muito tempo, colocou o celular de lado e foi curtir a mamada. Ele estava em êxtase, chupava e olhava pra ele, que estava de olhos fechados com as mão cruzadas abaixo da cabeça só curtindo, e com um belo sorriso no rosto.

 

Sempre que ele ia gozar me avisa, e pedia pra parar de chupar, queria aproveitar mais, e assim foi até que ele não aguentou segurar e deu uma gozada forte jorrando porra pro alto, e caindo sobre seu peitoral, ele gemia, via arrepios subindo por sua pele e um sorriso sem igual em seu rosto. Estava ofegante, e realizado.

 

Se recuperou, subiu as calças, pegou o celular e ficou olhando o vídeo, disse que não poderia ficar com ele de maneira alguma, e me enviou o arquivo pedindo para que eu postasse apenas um pequeno trecho que não sai a voz dele e não aparecesse nada comprometedor, assim somente ele saberia que aquele pau é o dele. E QUE PAU. 

 

Depois da gozada ele era outra pessoa, muito mais tranquilo aliviado, dava pra perceber que estava bem mais leve e relaxado. 

 

Voltamos nossa conversa nos despedimos  e ele foi embora.

 

No dia seguinte  me mandou uma mensagem dizendo que naquela mesma noite havia saído com sua  esposa  para um jantar e um motel, que a tempos  não faziam isso, que nosso encontro o libertou daquele desejo que parecia o "travar" na cama. Estava muito mais disposto em seu relacionamento, pois por mais que tenha sido bom, ele gosta mesmo e da sua esposa, e só precisava daquilo para se libertar e se entregar totalmente a ela como era no começo do relacionamento. 

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

Todos os diretos reservados a ©JuanCalabares (19) 9 9627 7211

AGUARDE A PAGINA SER CARREGADA 

Registre-se no Site e receba as atualizações.