CASADO VERSÁTIL - PAU GROSSO E RABO GULOSO  

 

Esse foi nosso segundo encontro. E de certa forma eu estava ansioso para isso.

Da primeira vez ele veio acanhado, tivemos um longa conversa até irmos para o quarto, gosto de ter esse contato antes para conhecer melhor os desejos e vontades das pessoas. Desta forma, não tem erro, o sexo fica delicioso.  

Já na cama eu fiquei impressionado  com o tamanho do  seu pau,  não no comprimento e sim na largura. Muito grosso... mas desta vez não  fui passivo com ele somente ativo.

 

E neste novo encontro, acreditei que fossemos seguir o mesmo caminho. Engano meu.

 

Ele veio bem mais a vontade tranquilo, batemos um bom papo antes de irmos para o quarto. Já lá, tiramos a roupa e começamos nosso beijos, caricias e sem demora  cai de boca naquele pau. Sentir aquela rola grossa inchando na minha boca foi demais, não conseguia sequer fechar meus lábios. 

Mamei ele bem gostoso e estava louco para dar para mim, ergueu suas pernas sobre meus ombros. Peguei a camisinha, preparei e fui penetrando, ele nem reclamou, entrou tudo. Me segurou pela cintura com as pernas me obrigando a socar fundo nele, com vontade, força , ele parecia nem sentir, estava relaxado dando gostoso e com aquele pau grosso duro estava entregue, dava pra ver em seu rosto. 

 Virei ele de lado e continuei a meter bem gostoso, com calma, tranquilo,  bem a vontade. O virei novamente e desta vez de bruços, ele engolia meu pau com tamanha maestria com aquele rabo que era impossível não sentir tesão. Como estava gostoso, ele dava com prazer. E eu metia mais ainda.  

 

Pedindo para me deitar ao seu lado trocamos alguns beijos, algumas palavras. Ele foi até meu pau me chupando gostoso, olhou para mim e perguntou se poderia me comer. Com toda certeza disse que sim, me virei de costas para ele, que ficou brincando com meu rabo até deixar seu pau duro e grosso. Colocou a camisinha e começou a penetrar. CARAMBA, que dor, que pau grosso. Ele colocava devagar, mas mesmo assim não estava dando. Pedi pra ela parar. Lubrificar mais um pouco e voltar a meter, fez isso e veio novamente. Começou a  colocar lentamente, até entrar tudo, pedi pra ele parar e ficar um tempo ali.

Cara que dor, ele começou a ir e voltar com calma, bem devagar e aquele pau me arrombando. 

Metia com tranquilidade,  mas mesmo assim estava doendo. Ele deu duas socadas fortes, que fiquei zonzo e logo em seguida gozou, para meu alivio.  

 

Quando tirou o pau de dentro de mim me senti aliviado mas com desejo de mais, muito mais.

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

Todos os diretos reservados a ©JuanCalabares (19) 9 9627 7211

AGUARDE A PAGINA SER CARREGADA 

Registre-se no Site e receba as atualizações.