FODA COM O CAPIXABA GOSTOSO

Ontem logo após o almoço recebi uma mensagem de um rapaz que estava interessado em um encontro, e gostaria de marcar para o mesmo instante. Mas infelizmente não seria possível, peço que me avisem com no máximo 4 horas de antecedência para não ter imprevistos. O quanto antes agendar é  melhor para ambos.

 

Como ontem não foi possível, marcamos para o dia seguinte, já com a certeza do encontro e local. 

 

Ele me disse que gostaria de provar coisas diferentes, havia saído de um relacionamento a pouco tempo e precisava relaxar, quando viu meu perfil, magro, cabeludo, pau grande e bunda gostosa ( essas foram as palavras dele) não pensou duas vezes e entrou em contato comigo. 

 

Cheguei no local  combinado, era um hotel. Mandei mensagem para ele e fiquei aguardando na recepção. Logo desce um rapaz pelas escadas, bermuda, camiseta larga, cabelo aparado estilo militar, e barba serrada, cara de bravo. Nem sabia se era ele, mas pela maneira que ele me encarou me arrepiei todinho, só desejando ser ele mesmo. Veio em minha direção, parou em minha frente estendeu a mão e disse com uma voz grave: 


- Juan? Prazer, vamos subir?


Aí sim que eu tremi. Dei um sorriso pra ele, o cumprirei e segui. Foi em minha frente subindo as escadas, não tinha como não olhar na bunda dele, empinadinha. Já fui ficando excitado ( mais ainda).

 

Assim que entramos no quarto ele pegou minha mochila, colocou no chão, segurou em meus braços e olhando bem no fundo dos meus olhos apertando  seu pau disse:


- Estou cheio de tesão cara, me dá esse pau pra mim chupar!

 

Me  dando um beijo começou a passar sua mão sobre meu pau.  Abrindo o zíper da minha calça e pondo ele pra fora, se ajoelhou deu uma olhada pra mim e caiu de boca. Já fui tirando a minha roupa, tirando a camisa dele, e ele só mamando e terminando de baixar minhas calças.

Subiu até minha boca, me deu um beijo, me jogou sobre a cama, e já veio sobre mim, com desejo e tesão. Parou em minha frente e tirou a bermuda. O puto estava sem cuecas, aí sim deu pra ver ele todinho  completamente pelado. Como era gosto, moreninho, marca de sunga, pau mediano, peludo e com uma bunda redondinha. Não tinha o corpo sarado, mas tinha um corpo de dar inveja de gostoso. Veio sobre mim cheio de tesão, chupou meu  pau,  foi subindo seu corpo até enfiar aquele caralho gosto na minha boca. Fodia minha boca  e gemia. Foi aí que se deu conta que estava no hotel e tinha gente do seu trabalho nos quartos ao lado. Saiu de cima de mim e ligou a tv, deixou o som bem alto e continuamos a foda.

Voltou a enfiar seu pau na minha boca me fodendo, fazendo eu me engasgar e babar naquele caralho. Virou sua bunda pra mim e disse pra chupar ela quando mamava meu pau. Fui o delírio, que bunda era aquela? Abri bem seu rabo e meti a língua, ele gemia enquanto mamava meu pau e falava:

 

- Caralho, como isso é bom. Chupa mais meu cu, que tesão. 


Ele parou de chupar meu pau, desceu da cama, colocou a camisinha, me puxou até perto dele, e se abaixando me deu um beijo, começando a falar:

 

- Não to aguentando mais, me dá esse cu gostoso vai, quero te foder e pegar nesse pau .

 

Falou isso já foi socando seu pau dentro de mim, gemi alto enfiou de uma vez. Ele estava ansioso, não fazia sexo a meses desde que se separou. Doeu, pedi pra ele parar, me pediu desculpas e veio me dar um beijo. Tirou o pau esperou um pouco e voltou a meter, desta vez com calma e devagar. Aí sim, fiquei cheio de tesão ao ver aquele macho segurando minhas pernas em seu ombro e me fodendo. Comecei a bater uma pra mim enquanto ele me arrombava gostoso. Estava indo ao delírio, o capixaba sabia como comer um cu, metia de lado com o pau, girava, rebolava no meu cu, me deixando arrepiado de prazer.

Soltou minhas pernas pediu pra mim ficar de quatro e veio sobre mim. Socou gostoso. Passou seus braços por baixo na minha barriga pegando em meu pau, me fodia e  batia pra mim, enquanto falava em meus ouvidos:


- Geme pro teu macho, geme! Sei que tá gostando seu safado.


Estava quase gozando, falei isso pra ele ele parou, se deitou ao meu lado e disse:


- Cara eu também estava quase gozando, deita aqui sobrei meu peito, você é muito gostoso.


Deitei sobre aquele peito peludo, suado, cheirando a macho. O tesão em nós dois estava demais. O safado me encheu de carinho, e só pude retribuir, até que ele pediu pra mim chupar seu cu  de novo e meter nele, que sempre teve vontade de dar. 

 

O coloquei de quatro, chupei muito aquele rabo, seu pau estava estourando. Deitei ele de lado lubrifiquei bem e comecei a colocar.

Foi entrando bem devagar, ele pediu pra parar e ficar assim, empurrei mais um pouco, ele reclamou de dor, mas pediu pra continuar. Ficamos um bom tempo tentando até ele ficar relaxado e entrar tudo. Pediu pra come-lo igual fez comigo, só pra sentir o que eu senti. Comecei meter gostoso nele, estava cheio de tesão, mas ele não estava muito confortável com aquilo. Parei um pouco e perguntei:


- Está tudo bem? Está doendo?

 

Ele me respondeu:


- Cara, doendo não, tá até bom. Mas sei lá, não curti. Isso não é pra mim não, não senti prazer nenhum.

 

E realmente ele não se excitou com aquilo. Parei de comer ele, o que foi uma pena pois o rabo dele era uma delícia. Mas não iria ficar ali forçando algo que ele não estava se sentindo a vontade. Me deitei do lado dele e dando risada me falou:


- Cara, não vi graça. Como você sente tesão em dar? 


Dei risada com ele e disse que isso era muito particular, tem pessoas que não curtem mesmo. E que ele era um excelente ativo e podia  voltar a comer. Aí sim demos mais risadas ainda. Ele estava bem descontraído e a vontade. Voltamos a nos beijar, e fui descendo novamente até seu pau, chupando muito. Deixei ele a ponto de estourar com a mamada. Pediu outra camisinha, me colocou de  barriga pra cima e veio me foder. Ele estava com mais tesão ainda, me comia e batia pra mim, não consegui me segurar e gozei com ele me punhetando. Ele deu mais algumas bombadas e logo gozou gostoso. Estávamos molhados de suor.

 

Fomos para o banho, relaxamos juntos debaixo do chuveiro, deitamos um pouco mais na cama e voltamos a bater papo até dar a hora de eu ir embora. 

 

Saudades desse capixaba Gostoso, será que todos metem bem assim? Agora quero provar mais (risos)

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

Todos os diretos reservados a ©JuanCalabares (19) 9 9627 7211

AGUARDE A PAGINA SER CARREGADA 

Registre-se no Site e receba as atualizações.