SUA PRIMEIRA VEZ COM OUTRO HOMEM 

Cheguei no local onde combinamos, e ele não estava lá. Pensei, "Putz, levei um toco", mandei mensagem e nada, liguei e nada. Já estava voltando para casa quando ele chegou e me pediu desculpas pelo atraso. Entrei no carro e fomos para o motel, no caminho ele não abriu a boca. Muito tímido, parecia bem nervoso, tentava puxar papo mas nada. Entramos no motel, ele me disse que ia para o banho, havia acabado de sair do trabalho. Enquanto tomava seu banho me deitei na cama e fiquei a sua espera. Saiu  e veio peladão se deitando ao meu lado, mega nervoso, suava frio, então perguntei:

 

- Queridão, é a sua primeira vez com outro homem? 

 

Ele olhou pra mim, totalmente sem graça e disse que sim. 

 

Pedi pra ele ficar tranquilo, fui tentando bater um papo para relaxar, mas ele estava muito tenso. Até que depois de muito insistir ele começou a se soltar e a falar que  o desejo dele era chupar e dar para um pau grande a muito tempo, mas não teve coragem até agora.

 

Fiquei de pé em  sua frente, deixei meu pau duro e dei pra ele mamar. Não sabia nem como por a boca, fui orientando, foi indo bem, chupou tranquilo estava com muito medo de me machucar, ai que ele suava mais ainda. Ficou muito tempo mamando dava pra ver que estava começando a ficar mais a vontade com o pau na boca. Até que me disse que queria me dar, pedi pra ele  se deitar em uma posição confortável, Me abaixei e comecei a chupar seu cuzinho,apertadinho, ele tinha uma bunda grande, gostosa dava pra encher a mão com ela. Chupei, chupei gostoso, ele dava leves gemidos tentando se conter mas não conseguia. Comecei a amaciar aquele rabinho apertado, mas apertado mesmo, pra conseguir colocar um dedo foi difícil. Ele não estava se sentindo muito confortável, e pediu pra parar . Este realmente era virgem, dava pra ver todas as peguinhas dele, bonitinhas e no lugar. Parei, e ele pediu pra mim tentar com o pau, disse pra ele que o ideal era eu ir brincando um pouco com o cuzinho dele até relaxar. Insistiu e  eu o avisei que iria doer. Passei quase um tubo de gel nele e em mim, e fui brincando bem lentamente na entrada. Estava minando suor, transpirava descontroladamente, suava frio. Até que encaixei bem a cabeça na entrada,  disse a ele que ia começar a colocar ela bem devagar, e empurrei de leve, ele pediu pelo amor de Deus pra mim tirar que estava doendo muito. 

 

Me levantei, pedi pra ele se acalmar, ele passava a mão na bunda e gemia de dor. Disse que só encostei, ele não creditava, falei que nem a cabeça entrou foi somente a ponta! Ele broxou na hora, desistiu trocou de roupa me pagou e fomos embora. 

 

No caminho eu expliquei pra ele, que a primeira vez vai doer muito mesmo, a única maneira seria não dar, ou praticar com alguns brinquedos menores, mais finos até se sentir preparado para dar novamente . Ele deu risada e disse que isso não era pra ele, me agradeceu me deixou no ponto de encontro e foi embora. 

 

E eu de pau duro e com tesão.

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

Todos os diretos reservados a ©JuanCalabares (19) 9 9627 7211

AGUARDE A PAGINA SER CARREGADA 

Registre-se no Site e receba as atualizações.