AQUELES OLHOS VERDES

 

Ele entrou em contato comigo três dias antes de nosso encontro. Muito objetivo e direto em suas palavras combinamos, acertamos tudo e chegou o dia. Estava gostoso para um encontro, um clima frio, um chuvinha fininha... ele chegou.

Confesso que ao ver ele, fiquei nervoso. O motivo, não sabia. Mas era uma coisa boa, gostosa de se sentir. Entrou conversamos, começamos um carinho batemos papo, demos algumas risadas. Uma pessoa totalmente diferente daquele cara direto do aplicativo de mensagens.  Uma pessoa encantadora.

Ao entrar no quarto continuamos nossas caricias, beijos.  

Ficamos nessas caricias por um bom tempo, chupei sua bunda gostosa, e que bunda. Acaricie cada pedacinho daquele homem. Mas com toda certeza o que me deixou louco, foi seu toque. Suas mãos me causavam arrepios, ereções, não conseguia manter meu controle. Sabia onde tocar, e descobriu muitos de meus pontos fracos. Me deixou cheio de tesão.  

O auge foi quando me deitei na cama, e ele veio pegou com a suas mãos meu pau e começou a me chupar. Me olhava com aqueles olhos verdes, pareciam cristais... um olhar profundo e uma boca muito gostosa, meu pau inchava dentro dela. Curti cada momento. 

 

Levantei e fui até sua bunda, a tinha que provar, precisava sentir mais dele.  A que delicia, fui colocando aos poucos até entrar, comecei um movimento de vai e vem bem gostoso, e fui aumentando. Parei, retirei e continuamos as caricias, toques, conversas, e fomos nos descobrindo e ficando cada vez mais a vontade um com o outro. Descobrindo coisas em comum. Em nossas conversas, ele passava a mão por meu corpo, parava em meu pau, o segurando firme e me masturbando. Uma troca gotosa de energia.  

Estava entregue a ele, já não tinha mais palavras para elogiar a sua companhia.  

Nos ajoelhamos sobre a cama, com uma mão ele percorria meu corpo e com a outra me masturbava, sensações inexplicáveis aconteceram. Que mão, que toque. FANTÁSTICO.  

Foram horas de muitos prazeres e entregas, o que senti com a companhia dele, é impossível descrever  por mais que eu queira. Foi muito além do sexo. Foi um encontro totalmente diferente do que costumo ter. 

O comi mais uma vez, e voltamos as caricias, ele com todo aquele jeito especial me pediu para gozar em sua boca, não ria recusar isso. Me levantei, parei a lado da cama, com ele deitado de boca aberta bem em frente ao meu pau comecei a me masturbar. AAAAAAAAAAA que gozada maravilhosa, tremi inteiro, foi perfeito, uma sensação unica de prazer. 

Seus olhos, sua boca, seu corpo...tudo me atraia para ele. Que pessoa era aquela? Que encontro maravilhoso. Esse escrevo com um sorriso no rosto e claro com o pau duro (risos) Pois alem de excitante foi incrivelmente revigorante conhecer uma pessoa como ele.  

Por esse e outros motivos amo o que faço, encontros assim são difíceis de contar, é somente sentindo.   

Confesso que não vejo a hora do nosso próximo encontro.

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

Todos os diretos reservados a ©JuanCalabares (19) 9 9627 7211

AGUARDE A PAGINA SER CARREGADA 

Registre-se no Site e receba as atualizações.